Aliado de Bolsonaro rejeita aproximação com Pablo Marçal em São Paulo | Política

Redação por Redação
2 Leitura mínima

Ex-ministro e assessor de Jair Bolsonaro (PL), Fabio Wajngarten indicou que o “coach” e “influencer” digital Pablo Marçal (PRTB) não conta com a simpatia do entorno do ex-presidente para apoiar sua pré-candidatura à Prefeitura de São Paulo.

Formalmente, o partido do ex-presidente já deixou claro que vai compor a aliança em favor do prefeito Ricardo Nunes (MDB), que tentará a reeleição. No entanto, a ausência de sinais mais nítidos por parte de Nunes de proximidade com as pautas bolsonaristas têm mantido o prefeito e o ex-presidente distantes na agenda eleitoral, o que poderia transferir a atenção de Bolsonaro a outro pré-candidato.

Nas últimas semanas, porém, o prefeito parece ter cedido a pressões e passou a fazer acenos à base de Bolsonaro. O movimento coincide também com as pretensões de Marçal, que na semana passada teve a pré-candidatura oficializada pelo PRTB – partido sem representantes na Câmara Municipal, na Assembleia Legislativa ou na Câmara dos Deputados.

O “coach” é famoso nas redes sociais, ambiente em que reúne centenas de milhares de seguidores no X e 10,3 milhões no Instagram. Na pesquisa Datafolha divulgada dessa semana, Marçal atingiu 9% das intenções em um dos cenários, percentual que o coloca em terceiro lugar, empatado com nomes como a deputada Tabata Amaral (PSB) e o apresentador José Luiz Datena (PSDB).

Nunes, que tem como principal adversário até o momento o deputado Guilherme Boulos (Psol), minimizou o desempenho de Marçal e o risco de o “influencer” tirar seus votos. “As pessoas não estão votando em professor de ‘coach’. Vão votar em quem vai cuidar da cidade”, disse nessa quinta-feira (30) o prefeito, após participar da Marcha para Jesus.

Ex-ministro e assessor de Jair Bolsonaro (PL), Fabio Wajngarten — Foto: Fabio Rodrigues-Pozzebom/Agência Brasil

Fonte: Externa

ofertas amazon promoção
Clique acima para adicionar um desconto excluivo na Amazon! Aproveite as ofertas de hoje.