Bitcoin desaba e criptos perdem US$ 150 bi com aumento de tensões entre Israel e Irã

Redação por Redação
3 Leitura mínima

Após forte recuo que começou na tarde de sexta, o Bitcoin (BTC) acelera o movimento de queda neste sábado (13) em meio ao aumento nas tensões geopolíticas entre Israel e Irã, que já afetavam ativos de risco ontem. Vale lembrar que, ao contrário das bolsas, o mercado de criptomoedas opera 24 horas por dia, sete dias por semana.

O nervosismo nos mercados fez com que os investidores reposicionassem suas ações, Bitcoin e outras criptomoedas para o ouro e dólar, que subiam na sexta, disse Beto Fernandes, analista da Foxbit.

“O Bitcoin já estava operando de forma lateralizada e com certo viés de baixa, considerando a bateria de dados macroeconômicos da semana. Porém, a queda ganhou força depois das ameaças de Israel sobre o Irã“. Ameaças essas que foram concretizadas com o envio de drones iranianos, segundo o governo israelense.

Os Princípios da Riqueza

Thiago Godoy, o Papai Financeiro, desvenda os segredos dos maiores investidores do mundo nesta aula gratuita

Por volta das 17h de hoje, o Bitcoin chegou a encostar em US$ 60.600 na exchange Binance, a maior do mundo e com a maior liquidez. A queda alcançou 9% nas últimas 24 horas, e cerca de 15% em relação aos US$ 71 mil registrados na madrugada do dia anterior. Às 17h30, o ativo digital passou a ser negociado na faixa dos US$ 62.000, mas ainda sob por forte volatilidade.

Criptomoedas menores, conhecidas como altcoins cedem ainda mais. O Ethereum (ETH) encolhe quase 10% em 24 horas, para US4 2.900, e a Solana (SOL) desvaloriza 18% no mesmo período, a US$ 126. As criptomoedas como um todo, incluindo o Bitcoin, perdem cerca de US$ 150 bilhões em valor de mercado nas últimas 24 horas, segundo o agregador de preços CoinGecko.

O recuo também ocorre alguns dias antes do halving do Bitcoin, evento previsto para a próxima semana que cortará a emissão da criptomoeda pela metade.

Se você gostou desse post, não esqueça de compartilhar!

Segundo o site Nicehash, a atualização ocorrerá no próximo sábado (19). Analistas já alertaram que o preço do ativo pode cair antes do evento.

O Bitcoin vem reagindo também aos fluxos de saídas nos ETFs (fundos de índice) à vista dos Estados Unidos e à política monetária do país. Os dados da inflação do consumidor jogaram um banho de água fria nas expectativas de cortes de juros em junho.

Fonte: Externa

ofertas amazon promoção
Clique acima para adicionar um desconto excluivo na Amazon! Aproveite as ofertas de hoje.